Blog da Pands

30/10/2009

TRIP FM

Hoje vai ao ar uma entrevista que dei para o programa do Paulo Lima, o Trip FM. Gravamos ontem, também estava lá o Sidão, surfista de longa data e acabamos falando bastante sobre o "Na Natureza Selvagem", do Sean Penn. Hoje às 20h na Eldorado FM (92,9), com reprise à meia noite.

Escrito por cg às 13h14

 ]  [ Envie esta mensagem ]

29/10/2009

SOBRE OS CALAFRIOS DE GELADEIRA

Quase toda semana alguma editora de livro didático me pede alguma tirinha publicada na Folha para ilustrar algum livro didático. Esta semana foi diferente. Pela primeira vez me pediram um texto, que publiquei há muito tempo no site (quando ainda não existiam BLOGs, e eu gostava de escrever uma coluninha toda semana). Estou pensando em retomar o hábito. Só que escrever dá trabalho... aí vai a velha coluna sobre geladeiras. Em breve também na escola mais próxima.

Minha geladeira sofre de calafrios à noite. Durmo tarde, às vezes vejo um filme atrás do outro, mas sou interrompido pelos calafrios da geladeira. Da cozinha, vem o barulho, brrr, cruoc, téc!

A geladeira é nova, o calafrio da geladeira velha, que durou mais de vinte anos, era brrrrrrrrrrrrrunhonnnn tomp! Bzzzzzzzzzzzz. Barulho de geladeira velha, estava acostumado a ele. A geladeira nova faz brrr, cruoc, téc! Estranho. Ainda não me acostumei. Talvez não me acostume nunca. Por que tinha de trocar de geladeira?

Se eu fosse uma geladeira, também sofreria desses calafrios no meio da noite. Uma existência gélida, inerte, repetitiva, monótona até a medula. Abre a porta e fecha a porta e aqueles tupperwears. Sempre frio, inverno constante, alimentos conservados e a solidão no escuro da cozinha. Daí os tremores. A geladeira expressa sua miséria com seus calafrios noturnos.

Quando comprei a geladeira nova, achei que viria sem calafrios. Paguei uma nota, dez vezes no cartão. Achei que a tecnologia já fosse capaz de curar a depressão de nossos eletrodomésticos. Que nada, se ela não resolve a minha, porque cargas d'água curaria a da minha geladeira? Ignorância da minha parte.

Vou ter mesmo que me acostumar a esses calafrios. Ou então dormir mais cedo e me poupar desses lamentos na madrugada. Vou para a cama e me deito. Minha mulher começa a roncar.

Escrito por cg às 01h20

 ]  [ Envie esta mensagem ]

27/10/2009

BATENTE

Mais um da série que publico na VOCÊ/SA.

Escrito por cg às 15h46

 ]  [ Envie esta mensagem ]

26/10/2009

É HOJE

Escrito por cg às 11h58

 ]  [ Envie esta mensagem ]